UM ESTILO DE VIDA DETOX DE SER. DESCUBRA O SEU!

Quando falamos de “Detox” a primeira coisa que vem a mente é a alimentação. E a alimentação não deixa de ser um ponto essencial para um estilo de vida mais saudável. Vamos falar sobre isso também. Porém, é uma composição de hábitos saudáveis que, praticados frequentemente, nos tornarão seres saudáveis. Quer entender como isso funciona?

A primeira regra de ouro vem de uma frase bastante famosa “Diz-me o que comes e te direi quem és. Este título é uma frase do francês Jean Anthelme Brillat-Savarin, que publicou em 1825 o livro “A fisiologia do paladar”. Esta frase revela, nada mais nada menos, o nosso estilo de vida. Existem sim as exceções, afinal, as aparências também enganam, mas o teu corpo é o projeto do teu modo de vida, seja ele saudável ou não.

Tem uma outra frase que gosto muito do médico Dr. Lair Ribeiro que diz: “Se você não arrumar tempo para cuidar de sua saúde um dia terá que arrumar tempo para cuidar de sua doença.” Faz sentido?

Ainda falando do fator essencial que é a alimentação, existem hoje uma infinidade de alimentos e alimentação saudável. O importante é a composição de nutrientes e vitaminas que ingerimos diariamente. Você pode ser uma pessoa que ingere frutas, verduras, hortaliças, leguminosas, grãos, cereais, oleaginosos, carnes de origem animal ou uma pessoa vegetariana que inclui todos esses alimentos citados, com exceção das carnes. E está tudo bem. Desde que, a consciência faça parte desse processo alimentar.

O estilo vegetariano/vegano de ser vai muito além da alimentação, existe uma ética ambiental muito forte. Para estas pessoas, o respeito e o cuidado aos animais, torna-se uma filosofia de vida e o principal propósito dessa escolha alimentar.

Eu escolhi ser vegetariana. Foi um processo desde então. A motivação inicial era por uma vida mais saudável, deixar de ingerir menos toxinas pela proteína animal. Então, iniciei com a diminuição da carne vermelha e comia carne branca a maior parte dos dias. Depois veio a vontade de fazer a “segunda sem carne”, uma campanha do grande músico e beatle Paul McCartney. Com isso, descobri novos sabores. Olha só que fantástico! Descobri que é possível deixar uma refeição tão rica em nutrientes e saborosa, quanto às que têm carnes de animais. E para “bater o martelo” da minha decisão de me tornar ovolactovegetariana, descobri o meu propósito, em um retiro de 4 dias em jejum, na Montanha de Condor Blanco no Sul do Chile. Mas esse é conteúdo para um outro artigo (risos).

Quanto aos alimentos vilões da saúde estes são mais fáceis ainda de citar. Não restam dúvidas que esses alimentos provocam uma série de doenças, além de alguns tipos de câncer. Pesquisas do mundo inteiro revelam que alimentos ricos em açúcar, embutidos, industrializados, transgênicos, sintéticos, congelados, dentre outros são prejudiciais à saúde ao longo do tempo. São eles: refrigerantes com ou sem açúcar, bolacha doce, bolacha salgada, salgadinhos, doces e guloseimas, sorvetes, congelados, sucos industrializados,

chocolates, embutidos, enlatados, fast food, manteigas e margarinas, bolos e tortas.

Agora, para um estilo de vida detox de ser é preciso dar um passo além da alimentação, pois o ser humano é uma composição de corpo, mente e espírito e esses três pilares precisam estar em perfeita harmonia e em equilíbrio.

No documentário “Heal, O Poder da Mente”, são retratados diversos casos de pessoas que, mesmo com um estilo de vida aparentemente saudável, com boa alimentação e atividade física, desenvolveram doenças como o câncer e outras doenças cardiovasculares devido a vida estressante que tinham. Os pensamentos os levavam a um profundo grau de ansiedade ou de depressão que, de alguma forma, esses mecanismos interferiram em seus estilos de vida.

Portanto, vale lembrar que a nossa saúde é um composto desses três elementos: corpo, mente e espírito. Aqui vão algumas dicas para um estilo de vida mais saudável e que você pode montar a sua rotina com aquilo que faz sentido para você:

  • Seja ativo, mas faça por diversão

Encontre uma atividade que você goste de fazer. Isso pode ser uma caminhada, uma aula de dança ou yoga.

  • Dê uma pausa das redes sociais

As mídias sociais podem nos distrair e consumir o tempo que você poderia gastar com a família, amigos, lendo um livro, jogando tênis, caminhando com um amigo, meditando… enfim, concentrando-se em sua saúde mental e física. Crie o seu equilíbrio.

  • Coma mais vegetais

Sabemos que é importante comer frutas e verduras, mas uma mudança em direção a uma dieta mais baseada em vegetais aumenta a prevenção de doenças, protege contra doenças cardíacas e aumenta a ingestão de fibras, entre outras coisas. Isso não significa que você deva se tornar vegetariano, pode ser tão simples quanto praticar a segunda-feira sem carne ou experimentar uma verdura diferente. Concentrar-se em adicionar ou trocar componentes mais nutritivos em sua dieta é uma ótima maneira de mudar os hábitos.

  • Prepare sua própria refeição

Com o corre-corre do dia a dia é certo que preferimos escolher algo mais prático para comer. Mas, nem sempre, esse algo prático é saudável. Ter o cuidado de observar o que você está ingerindo e, sempre que possível, preparar o seu próprio alimento é um hábito saudável e prazeroso. Existe uma infinidade de receitas práticas e saudáveis que você pode aderir na sua rotina. Experimente!

  • Arranje tempo para meditar

A atenção plena está diretamente relacionada ao estado de presença, reduzindo significativamente os índices de ansiedade e depressão. Tudo o que você tem é o agora, então comece a praticar esse tempo. A prática da meditação favorece a esse estado de presença, com exercícios simples de respiração e concentração. Apenas 10 minutos por dia de meditação pode causar impacto positivo em relação a resiliência, ao estresse, a memória, e ao bem-estar em geral.

  • Aprenda a dizer não

Aprender a dizer não para os outros é a maneira mais simples de dizer sim para você mesmo. O quanto você está deixando de fazer aquilo que realmente importa na sua vida para atender a solicitações que não fazem sentido para você. Saber dosar esses momentos é de suma importância para a busca do equilíbrio de vida. Pense nisso!

  • Conecte-se com a sua essência

Existe um corpo em nós, existe a matéria e, por isso, precisamos cuidar desse corpo físico. Mas também existe um ser espiritual que reside dentro de você. É esse ser quem revela o sentido da sua real existência e “pra quê” você está nesse mundo. Conectar-se com teu ser interno, é conectar-se com a sua existência e com o criador. Pergunte-se, todos os dias, “quem sou eu?”. Isto trará descobertas incríveis em sua vida, capazes de mudar completamente a sua forma de pensar e, quem sabe, acelerar o seu estilo “detox” de ser.

Ovolactovegetariano – adjetivo de quem não come carne, mas consome ovos e derivados de leite. Substantivo masculino Indivíduo que se alimenta somente com vegetais, ovos e laticínios. Etimologia (origem da palavra ovolactovegetariano).

Categorias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *